segunda-feira, março 21, 2011

A Noiva Cadáver



Quando toco a vela acesa falta o seu calor, se me corto com a faca não há dor, a verdade é que ela vive e que a morte em mim está, mas não deixo de sofrer, não demora e vai se ver no meu rosto alguma lágrima rolar.

- a única finura daquela criatura é viva estar, dispensável trivial, já sabemos que isso é algo circunstancial, acaba de repente ,sem nenhum sinal, E daí, não importa, dispensável trivial, se ele ao menos reparasse seu jeito especial, ele ainda te conhece tão mal 
Quando toco a vela acesa eu não sinto dor, tanto faz se estou no frio... ou no calor, o meu coração não bate, mas ainda assim se parte e não deixa de sofrer, a morte em mim está, mas ainda tenho lágrimas pra dar...

Nenhum comentário: